Você precisa dar um tempo a si mesmo

Por Camila Heloíse

Quando os dias ficam confusos e apressados. Quando a mente faz tanto barulho e você já não sabe qual pensamento ouvir primeiro. Quando o trabalho o deixa cansado o suficiente para você se perguntar se fez as escolhas certas. Quando o dia chega ao fim e você não tem mais vontade de fazer nada a não ser deitar em sua cama e dormir… Você precisa dar um tempo a si mesmo.

É, você precisa simplesmente parar e arrumar algumas bagunças por dentro. Bagunças que você tem empurrado para debaixo da cama, problemas que você tem evitado olhar e encarar com coragem, situações que você vem empurrando com a barriga esperando que elas se resolvam sozinhas ou que simplesmente deixem de existir.

Tudo isso, vai se acumulando dentro de nós e um dia começamos a falhar, começamos a apresentar sinais de que adoecemos psicologicamente sem perceber e daqui a pouco o nosso físico também irá sofrer. O ruim, é que estas falhas se refletem em toda a nossa vida. Uma ferida que não recebeu cuidado começa a inflamar e de repente, aquelas partes saudáveis de nós, já estão tomadas de outras feridas. Esse é o preço que se paga por tentar pular etapas da vida, por tentarmos burlar o andar natural da carruagem.

Você precisa dar um tempo a si mesmo. Precisa para e zerar o seu jogo.

Não tente um novo relacionamento sem antes limpar bem as feridas daquele romance que deixou marcas profundas. Elas precisam do seu cuidado e não irão se curar sozinhas. Não tente mudar o foco e investir em uma vida social agitada enquanto você não descobriu como suportar a própria companhia. Suportar a solidão e encontrar alegria estando só é um passo que você precisa dar. Não busque uma nova rota só porque a rota atual o assusta e está exigindo de você um pouco mais de coragem. Qualquer estrada, em algum momento, irá exigir de você a mesma coisa. Ou seja, não busque mais objetos para um armário que ainda está lotado. Você precisa se dar um tempo e jogar algumas coisas fora, dar embora outras e abrir espaço para o que for novo.

Não se demore na dor, mas não apresse a felicidade. Ela sabe o momento exato de chegar. Porém, se ainda houver muitos pontos de interrogação em seu caminho, ela não encontrará espaço para se instalar e irá partir antes mesmo que você a perceba.

Olhe para a sua vida e analise o quanto de energia você tem desperdiçado com coisas sem importância. Não se preocupe em cuidar de tudo ao seu redor e simplesmente dê um tempo a si mesmo. Desligue o celular, mude o ritmo, faça uma viagem, desapareça um pouco e acalme-se por dentro. Você saberá a hora de voltar à tona.

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s