Onde você quer estar daqui a 5 minutos?

Planejar o futuro não deve ser o seu único motivo para viver, e aprender a viver o agora e a apreciar a beleza do instante é essencial para uma vida mais saudável e que faça mais sentido.

Antes, responder à questão: “Onde você quer estar daqui a 5 anos?”, nos fazia apenas enlouquecer antes de uma entrevista de emprego, já que ser encurralado pelo RH com esta pergunta ficou bastante comum, como se nunca fôssemos pensar diferente. E essa pergunta tão pesada acabou nos forçando a levar a questão para todos os outros âmbitos da nossa vida.

Será que isso é saudável?

Viver se programando para o amanhã

Quem de nós nunca leu ou ouviu a seguinte pergunta: onde você quer estar daqui a 5 anos?

Essa seria uma pergunta para nortear as nossas ações no presente, agindo com a consciência de que tudo aquilo que fizermos no agora, deve ser com a intenção de atingir o nosso objetivo futuro, para que a gente possa estar naquele lugar em que planejamos daqui a 5 anos.

Parece que cada passo deve ser refletido com o foco nesse futuro distante, como se tivéssemos assinado um contrato com quem seremos lá na frente, descartando todas as voltas que o mundo dá e as possíveis consequências das nossas pequenas escolhas diárias.

Ao mesmo tempo em que a ideia de quem queremos ser e como queremos estar no futuro pode nos ajudar a repensar caminhos do presente, isso também pode fazer com que a gente passe a ignorar a fragilidade da vida, que não respeita nossos contratos e planos.

Entendendo o perigo de viver para o futuro

Imagine que você quer muito fazer uma viagem para uma linda praia no Havaí. E essa viagem representa uma grande porcentagem do seu salário e exigiria que você se comprometesse com parcelas em muitos meses após a viagem. E conhecer o Havaí sempre foi um dos seus maiores sonhos, e você ainda terá a chance de tirar alguns dias de férias para curtir esse passeio.

Mas, em contrapartida, no seu futuro planejado você quer estar com a sua própria empresa aberta, falando uma segunda língua, com uma poupança generosa no banco e um carro novo. A viagem atrasaria todo esse planejamento e poderia pôr tudo a perder.

A ideia de refletir constantemente o presente, evitando tomar atitudes impensadas e que não estejam de acordo com seus planos futuros, praticamente nos obriga a desistir de sonhos no presente, focando no que pode acontecer lá na frente, mesmo que a gente não tenha certeza sequer se estaremos vivos amanhã.

Recalculando rota

É claro que o exemplo acima pode não ter nada a ver com as suas propostas do hoje, e pode ser que fazer planos para o futuro não te impeça de realizar os sonhos do presente. E essa reflexão é sobre isso, e sobre o quanto as ideias e ideais de futuro levados ao extremo podem nos cegar para aquilo que temos hoje.

Já vi amigos não comemorarem festas de aniversário para não gastar um dinheiro que eles têm hoje, mas que querem ter 5 vezes mais no futuro e isso atrasaria seus planos. Já vi amigos desistirem de oportunidades incríveis e que tanto esperavam, porque embora fosse algo que estivesse nos planos de hoje, não condizia com quem imaginariam ser daqui a 5 anos.

Refletir nossos atos pensando no futuro é bastante importante para não nos arriscarmos de forma inconsequente, mas, até onde isso pode ser saudável ou nos impedir de viver e aproveitar a vida, cientes de que ela pode terminar daqui a pouco?

A ideia desta mensagem, é causar em você a pergunta e a reflexão sobre se você não está se preocupando tanto com o amanhã e esquecendo de viver o hoje com inteireza e entrega.

O que você quer para o seu futuro te faz mais feliz ou te priva de momentos únicos e que podem ser os últimos? Afinal de contas, a vida não está nem aí para nossos planejamentos, e você pode transformar completamente seus planos daqui um ano, por milhares de motivos.

Meu conselho é para que, seus planos sobre onde você quer estar daqui a 5 anos, estejam em segundo lugar, e a primeira pergunta que possa nortear suas ações hoje seja: onde você quer estar daqui a 5 minutos?

Vida o hoje. Aproveite a vida. Seja positivo e feliz no presente.

*CAMILA HELOÍSE (@camilaheloiseescritora) é formada em Jornalismo pela UNIFAI e pós-graduada em Planejamento e Gestão Estratégica de Pessoas. Publicou dois livros pela Editora Penalux e neste blog fala sobre comportamento humano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s