Não se perca de si mesmo. Deixar algo para trás, é também deixar fluir o que vem pela frente

 

Por Camila Heloíse

Sim, aquilo que nossos pais diziam desde a infância de que “nem tudo o que você quer, você pode” sempre foi real. E se você não carregou essa lição em seu coração, pode causar dor e sofrimento a si mesmo durante sua caminhada.

Às vezes, nossos desejos embaçam nossa visão, e o que fazemos primeiro é exatamente isso – nos esquecemos quem somos, para travarmos uma batalha que, no final de tudo, perde seu verdadeiro sentido e se torna apenas questão de honra. É preciso entender que nem tudo aquilo que você deseja, será seu. Isso vale para relacionamentos, empregos, coisas etc. Não é porque você quer muito algo, que deve passar a sua vida lutando por aquilo, desgastando o que há de melhor em si, quando fica óbvio que não te pertence.

É claro que manter sonhos e esperanças e batalhar pelo que se acredita é fundamental em nossa vida, o que é importante lembrar é que, em determinados momentos, precisamos parar e analisar se aquela trajetória está nos levando ao encontro daquilo que almejamos ou apenas a um abismo que nos fará perder a nossa essência, quem realmente somos.

Deixar algo para trás, é também deixar fluir o que vem pela frente. Alguns desejos vão se tornando apenas pedras em nossas mochilas, e por desejarmos tanto, não percebemos que aquilo se tornou apenas um peso, que nos impede de dar passos com maior leveza em direção a tantas outras coisas boas que existem a nossa espera.

Já vasculhou sua mochila? Já se deu o carinho de parar e analisar se de fato vale a pena lutar essa batalha que está removendo suas energias? Deixar para trás é tão importante quando seguir em frente. Solte as pedras que impedem seu passo leve, sem pensar que está desistindo de algo como se fosse fraco. Desistir exige de nós muito mais coragem do que parece. Pois, soltar algo que agarramos com tanta fé um dia, requer que façamos a viagem dolorosa pra dentro de nós mesmos, e percebamos o quanto estamos equivocados.

Existem infinitos caminhos esperando para serem percorridos por nós. Existem outros amores, outros empregos, outras viagens e outros sonhos possíveis que apenas precisam do nosso olhar. Abra espaço em sua mente e coração, não se deixe levar por desejos tão profundos que confundem e nos fazem mais chorar do que sorrir. Você merece sorrir!

Tudo o que te peço hoje é isso: não se esqueça de quem você era antes de desejar algo que não pode ter. Se lembre do quanto você já era inteiro e capaz de sobreviver às reviravoltas que o mundo dá, você só precisa mudar o caminho para continuar seguindo em frente, sempre.

O que só você pode fazer por si mesmo

Por Camila Heloíse

Minha mãe me deu um conselho estes dias, antes de ir embora: “Cuide de você! Não espere que ninguém venha fazer isso, e reze todos os dias.”

Não existe nenhuma metáfora escondida aí. Rápida e rasteira ela me lembrou de que, apesar de colaborar com a nossa sensação de bem-estar, ninguém, absolutamente ninguém, é responsável por alguns cuidados que somente nós podemos ter com a gente mesmo.

Cuidar-se ao invés de esperar que o outro faça isso, tem a ver com o amor que doamos e esperamos sempre algo em troca, ainda que, na maioria das vezes, digamos que não. É como se amar tornasse o outro obrigado a cuidar de nós e das nossas expectativas. Como se o outro fosse o grande responsável pela nossa sanidade.

Foi sobre isso o seu conselho. Sobre amar livre de expectativas e, principalmente, obrigações. “Por que você fez isso comigo?”, esta frase com certeza você já disse para alguém, ou já escutou de alguém. Mas, quando as coisas dão errado, já parou para se perguntar, “Por que eu fiz isso comigo? Por que me permiti isso?”.

Infelizmente, tanto eu quanto você, já sofremos por amor e vamos sofrer novamente (quem sabe?). E eu, já me vi repetir e lamentar de o porquê o outro, de posse do meu sentimento mais puro – o amor, não retribuía cuidando dos meus sentimentos, mantendo minha mente sã e minhas expectativas sob controle.

Temos a mania injusta de condenar os outros por prisões em que nós mesmos nos colocamos. Às vezes até permanecemos dentro desta prisão lamentando, mesmo tem em mãos, a chave que abre o cadeado.

É duro responsabilizar a si mesmo. Tão mais fácil dizer que estamos fracos o suficiente para não reagirmos devido à falta de cuidado do outro, do que encarar o fato de que, escolhemos por conta própria esperar que o outro tomasse conta da nossa mente, corpo e espírito. E o fracasso é somente nosso, o outro não tem a responsabilidade de cuidar de ninguém, além de si mesmo.

Então, cuide de você. Faça por você. Não espere que, amando, você entregou o seu precioso coração para o outro e agora ele deve tomar conta. Ele não deve. Quem deve isso à você, é somente você mesmo. Mantenha-o saudável dentro do próprio peito, mantenha os seus sentimentos sob controle e suas expectativas também.

Levei tão a sério o que ela me disse que tomei como honra: “vou cuidar de mim, independentemente de qualquer sentimento por qualquer pessoa”, pois, cuidar de mim é o mínimo que eu posso fazer para honrar a vida que tenho.

Daquele dia em diante, não levantei um dia sequer sem pensar em como mereço meus cuidados, antes de esperar que alguém faça isso. Se alguém fizer, ótimo, é lucro pois eu mesma já tomo conta de mim. E então eu me cuido, com carinho, respeito e muito amor.

E ah, também rezo todos os dias…

O poder do silêncio

Por Camila Heloíse

Fiz silêncio várias vezes. Quando gritaram comigo; quando me ofenderam; quando me julgaram por alguma coisa; quando me culparam por algo ou me humilharam. Tive vários motivos em minha vida para revidar. Me fizeram chorar e perder a paz muitas vezes ao longo da vida. E eu? Fiz silêncio. Não por autocontrole, não por inteligência emocional (pelo menos não no início). Fiz silêncio porque a minha mãe sempre me ensinou a não revidar. E o que mais pode alguém que nos ama nos ensinar, se não coisas boas para nosso crescimento pessoal? Continuar lendo “O poder do silêncio”

Quando você pensar que não merece ser feliz, leia isso

Por Camila Heloíse

Olha, eu sei que às vezes você olha para a felicidade, ali, bem diante do seu nariz, e nem sabe o que fazer com ela. Provavelmente, você e viveu tantos relacionamentos limitados e que mantiveram o seu coração sempre em estado de alerta, sempre em prisões invisíveis, que quando a felicidade vem simples e direta, você nem entende o que está acontecendo e não sabe como reagir. Outro dia, me vi tão feliz em um momento simples e comecei a chorar, foi então que eu percebi que já não sabia mais o que era a felicidade, e por alguns instantes, acreditei não merecê-la. Continuar lendo “Quando você pensar que não merece ser feliz, leia isso”

Para ler quando pensar em desistir

1. Eu sei o quanto as coisas parecem pesadas hoje e que você não está vendo a saída. Mas acredite em mim, nenhuma dor dura para sempre. O amanhã está a sua espera, prepare-se com orgulho para o dia que virá.

2. Olhe para você agora. Você já reparou que se chegou até aqui é porque foi capaz de suportar tudo aquilo que parecia insuportável? Lembre-se disso. Você é mais forte do que imagina, mesmo que não consiga perceber isso nesse momento. Continuar lendo “Para ler quando pensar em desistir”